|

29 de abr de 2006

Tommy

...E, aquele era o último ano da 2ª guerra mundial. Uma época feliz para o casal Walker. Ele, piloto da Força Aérea Inglesa, foi convocado para o front. A vida continuou, ela estava grávida, trabalhando numa fábrica de artefatos para a guerra, quando recebeu a triste notícia da morte do marido. O avião do capitão Walker foi atingido, não encontraram o corpo, ele estava morto. Assim o governo entendia.

O menino nasceu no dia em que foi anunciado o fim da guerra. Era como se fosse um aviso de esperança para o mundo. O menino cresceu, os anos passaram e a mãe, linda e solitária, encontrou alguém. A família pareceu completa e feliz, quando o capitão Walker retorna de seu desaparecimento. Já não é o mesmo, seu rosto deformado por uma grande marca, diz do terror pelo qual passou. Nora, sua mulher, está com Frank, dizem do terror que virá.

Seu filho, Tommy Walker, testemunha seu assassinato, pelo amante da mãe. Obrigaram-no a apagar de sua mente a cena traumática. Daí em diante, Tommy fica cego, surdo e mudo. Um problema psicológico. Não há remédios, não há médicos. De nada adiantou a experiência com a senhora Rainha do Ácido. Ao crescer se torna um campeão de Pimball, e ainda apagado, se torna ídolo da juventude. A cura vem de um outro trauma causado por sua mãe.

Assim é o filme ´´Tommy``. Lançado em 1975, muito mais que apenas um filme musical, ele traz uma mensagem mística. Foi criado por uma das melhores bandas de rock, The Who, e traz grandes estrelas no elenco. Além da banda, Roger Daltrey (Tommy), Pete Townsend, Keith Moon, e John Entwistle, estão no filme: Eric Clapton, Tina Turner, Elton John, Jack Nicholson, Ann-Margret, Robert Powell e Oliver Reed. Recebeu duas indicações ao Oscar, prêmios de Melhor Atriz, e Melhor Trilha Sonora.

Semana passada encontrei e comprei o DVD. Já não lembrava de algumas cenas, mas nunca esqueci a do Elton John cantando ´´Pimball Wizard`` junto com o The Who. Foi muito bom recordar uma perdida tarde de sábado do ano de 1979 , no Art Copacabana. Comprei o disco duplo da Ópera-Rock logo depois. Como os diálogos são todos musicados assistindo o filme fica mais fácil entender o disco.


No Gramophone : ´´ Pimball Wizard``, Elton John


Escrito por Sergio Nasto,
às 20:54


22 de abr de 2006

Eternamente Terra

Terra, Feliz Aniversário!
Quem consegue dizer?
Se em seu dia, ela não consegue sorrir.
Sabemos o que a incomoda
Pois, antes ela parecia eterna,
Hoje, morre pelas mãos de quem a felicitam.

Quem dera ir até a linha do horizonte no mar
E cair naquele abismo, ser um imortal.
Para entender o que há atrás do belo monte
Que há no fundo que cada quintal.
Dentro de cada coração.

Terra, Feliz Aniversário!
A mais redonda, a mais reta,
A mais falante, a mais correta.
Porque não somos fiéis a ela?
Não somos ao sol? Não temos medo?

Terra, Feliz Aniversário!
A mais iluminada, a mais perfeita,
A mais maltratada, a mais odiada.
Porque não somos devotos à ela?
Não somos à Lua? Não a amamos?.

Se ela ouve, não falamos.
Se ela oferece, não queremos.
Nós estamos brincando com ela
Parece uma bola de diversão
Muito colorida e ainda muito bonita.
Mas já não é tão azul.


Um dia sonhei que estava na terra
E descobria meu país
Que tínhamos medo de perdê-la
Que queríamos protegê-la
Que éramos apenas sementes
E ela ainda era linda e vivia eternamente.


No Gramophone: ´´ Here To Stay``. Pat Metheny Group


Amigos,

Como sabem, não participo de post comunitários, mas achei esse convite da Lucia Malla ( www.umamallapelomundo.blogspot.com ) importante e interessante, mesmo que seja um tema diário, que sabemos desde que acordamos. Muito se falou, muito se sabe sobre o que estamos fazendo com nosso planeta, e dizê-la de uma forma mais poética e triste, e sem esperança, pode fazer pelo menos com que alguns lembrem da data no próximo ano, inclusive, eu.
A pedido da amiga Luma, ( www.luzdeluma.blogspot.com ), vou mudar a forma do ´´Comentando os Comentários``. Farei um teste e responderei essa semana no próprio Haloscan. Se não funcionar, voltarei para a fórmula antiga. A idéia é ótima, pois já estou com um grande número de visitantes semanalmente fiéis.

Obrigado pelos comentários e às novas visitas, Cecília e Priscila


Escrito por Sergio Nasto,
às 08:31


15 de abr de 2006

Feito Fumaça

...E, ela se apresentou, simpática, com belas palavras, com tom de elogio. Retribuí a visita com sempre faço quem aqui chega. No início trocamos alguns e-mail, e logo surgiu uma boa amizade virtual. Logo de cara houve aquela compreensão das palavras. Parecer que já nos conhecíamos, era normal. Semana sem seu comentário era plenamente notada, e fiel era meu comparecimento às suas quase diárias publicações. Alguns meses depois, sem mais nem menos, desapareceu feito fumaça.

Ele, como ela, tinha um sonho de ser escritor. Achava a idéia do blogue genial, e era como se tornasse um escritor de uma hora pra outra. Normalmente falava do seu dia-a-dia, sem muitas´firulas``, como ele mesmo dizia, falava certo, sem querer magoar, ou incentivar polêmicas. No futuro bem próximo, ele estaria casando cm a mulher dos seus sonhos. Pensamentos jovens, cheios de vida, mas que alguns meses depois, sem mais, nem menos, desapareceu feito fumaça.

Outra, não, comecei comentando no dela. Fiquei surpreso com seu e-mail datado de agosto. Bem, respondi, e ela é quem ficou surpresa dessa vez, pois não respondiam a seus e-mail. Trocaríamos dali em diante e-mail quase diários, trocamos telefones, presentes, cartões, e usamos um modo antigo de se corresponder: carta, via Correios. Gestos e palavras importantes foram trocados. Alguns meses depois, nos perdemos no tempo, mas não desapareceu, feito fumaça.

Dos três, só a última citação consegui reaver amizade. No dia 31 de dezembro, liguei-lhe para desejar um Feliz Ano Novo. Vi que nada havia mudado. Apenas problemas internos. É estranho como alguns amigos virtuais, desse canal, desaparecem. Tentamos contatos, ficamos sem sinal de vida. Nem sempre podemos conhecer a todos que oferecem sua amizade em poucas palavras, mas sempre podemos manter contato. A comunicação ainda é o maior dom do homem.

* Minha filha tem a senha do blog, se algo me acontecer, você serão comunicados.

No Gramophone : ´´ Fireball``, Deep Purple.

Comentando os comentários :

DO: (1) Legal!...(2) Uma boa pra você também.
Laura : (1) Mentirinhas de amor!...(2) Nem tanto..!
Dalva: (1) Mas, foi a intenção mesmo!...(2) Entendi, pode deixar.
Mary: (1) Passei lá, e comi até bolo...(2) Ok
Luma : (1) Mas essas mentirinhas não ofendem..(2) ah, não fala assim!...(3) Obrigado pela dica.
Fátima : (1) Hoje em dia, até que pode..(2) Ninguém gosta, mas estamos sempre com elas.
Mônica Cabral: (1) Peguei, eu vi...(2) Se falasse antes não teria graça.
Morcego: (1) Batom na cueca? Como mentir?...(2) Beleza, depois pego a carteirinha.
Ladra do Bem: (1) Então, sonha ter filhos?...(2) Tudo bem.
Liliane Paula: (1) Mas isso ta acontecendo...(2) Fiquei imaginado: já pensou se acontecer?
Lulu: (1) Espero que não demore...(2) Quero tomar café com pão de queijo.
Magui: (1) É mesmo?...(2) Qual música?
Clarinha : (1) São só mentirinhas, liga não..(2) Eu sabia que o pensamento estava aqui.
Carol : (1) Se você não caísse, não teria graça...(2)
Paty: (1) Calma, par pensar melhor...(2) Vou te escrever, pode deixar.
Drica : (1) Não foi só você...(2) Terminou sendo engraçado.
Ane: (1) Seja bem vinda!...(2) Obrigado pelas palavras...(3) No fundo, todos temos isso.
Elisa : (1) Complicamos às vezes...(2) Algumas mentiras descomplicam.
Jady: (1) Gostou da mentira?...(2) Outro em você.
Daniela Mann: (1) Legal!...(2) Eu entendi sua confusão, foi engraçado.
Fabíola : (1) Obrigado...(2) Pra você, também.
Rah : (1) Ok, mentirosa!...(2) Um dia a gente se cruza, quem sabe esse fim de semana.
Diana : (1) Deliciosas e sinceras...(2) Outro pra você.
Mônica Montone : (1) Imaginei o mesmo...(2) Beijos iguais.
Bel : (1) Obrigado..(2) É, deve ser.
Mirza : (1) Naftalina?? Que nada..(2) Sábado é hoje!
Fernando : (1) Também, amigo, tive uma virose...(2) Não, não é musica, mas bem que poderia...(3) Bom descanso.
Teti : (1) Mas você seria pega, também..(2) gente vai descobrindo sem querer, às vezes.
Elayne Cristina : (1) Mentiras boas, nunca geram mentiras ruins...(2) Pra você , também.
Micha: (1) Obrigado..(2) Pode ser.
Liliane : (1) Nem tanto..(2) Sempre.
Edgar Borges: (1) É verdade...(2) Nem tanto.
Bruna : (1) Seja bem vinda!..(2) Legal.
Ana : (1) Pode ser elas mesmo...(2) Outro pra você.
Seda: (1) Está pego o beijo...(2) Pra você, também.
<Ana Melo: (1) Mentira não são más...(2) Nosso coração não se engana.
Phil :(1) A mentira faz parte da vida..(2) Pra você, também.
Alessandra: (1) Eu entendi o sumiço...(2) Vou aparecer!
Dê : (1) Adoeci durante a semana...(2) Uma ótima pra você, também.


Escrito por Sergio Nasto,
às 11:58


8 de abr de 2006

Mentiras


Mentiras?...Ah!...Foram tantas...
Mas tantas podem ser as fantasias
Podem ser sugestões

Lembra quando sugeri que não usasse batom ?
Pois é, foi tudo mentira
Você fica mais bonita com ele

Mentiras?...e, daí?...Foram tantas...
Mas tantas podem ser as palavras
Podem ser alucinações

Lembra quando te chamei no canto
Da sala de uma festa qualquer ?
Pois é, foi tudo mentira
Você fica bela com ciúmes

Mentiras ? ....Não sei...Foram tantas...
Mas tantas podem ser as saídas
Podem ser perdoadas

Lembra da noite fora de casa,
Do perfume na camisa, da aliança roubada?
Pois é, foi tudo mentira

Mentiras?...Sei lá...Foram tantas...
Mas tantas podem ser as histórias
Podem ser contadas

Lembra quando te contei dos absurdos
Que te odeio, que te trai, que não te desejo, que quero
Distancia de você, que não penso em você, que tanto faz
como tanto fez ?
Pois é, é tudo mentira.



No Gramophone : ´´ Ive Got A Crush On You``, Rod Stewart & Diana Ross.

Comentando os comentários :

Amigos,

O post anterior foi uma pequena brincadeira pelo dia da mentira...Uns sacaram outros não...Um pouco de realidade, e muito de mentira no texto...Era como um jogo de adivinhações...Alguns seguiram certinho...Me diverti muito com o comentários de vocês, e a participação foi quase geral, numa semana muito ocupada para mim, que quase não pude visitá-los como costumo o fazer.

Usei a mentira por ser algo que quase sempre abominamos mas estamos sempre cercados dela, seja com filhos, amigos, ou nós, por que não?...Nós mentimos para nós...Não gosto de mentiras, daí eu Ter falando ´´ ligar para alguém que menos gosta de você...``...mas existem as leves que muitas vezes ajudam a tecer e prorrogar uma situação, e essa não prejudica. Quase passa dos limites é como um crime, não compensa.

Um beijo e um forte abraço à todos


Escrito por Sergio Nasto,
às 10:10


1 de abr de 2006

Para Lie, Em Seu Dia.

...E, lá estava eu ao telefone, tentando entender o que se passava...O quê??...Como assim seqüestrada?...De verdade, ou sacanagem?...Bem, era verdade, minha vizinha estava nas mãos de simples seqüestradores, esses diários, que estão atuando nas grandes cidades, aterrorizando pessoas comuns....Mas como???..onde foi??...Ela disse que ao sair da padaria, no momento de abrir o carro...Eram, dois, três, ou quatro...Foi tudo muito rápido...Não lembrava de mais nada.

Nos conhecemos há tempos, não gosto muito dela, e a gente quase não se fala. Na realidade nunca gostei. Não é de confiança. Ela é tudo o que não queremos como vizinho, observa a vida alheia, fala demais, diz o que viu e o que na viu. De vez em quando consegue complicar a vida de outros vizinhos, que fazem amizades com ela. Tento mostrar para meus filhos e para amigos que não é boa companhia, e peço que quando ela estiver de um lado da rua, atravessem para o outro...Mas nem sempre adianta...Eu mesmo, às vezes, converso com ela.

Estamos em tempos difíceis. O lado sereno e compreensivo das pessoas estão sendo trocados por socos e pontapés. Pessoas que vivem como essa vizinha, esquecem toda essa fórmula que tanto falamos, de não julgar para não ser julgado, de compreender para ser compreendido, de amar para ser amado. Parece fácil?...Bem, não é tão fácil assim. Seria normal ter compaixão, mas de uma certa forma fiquei aliviado com seu seqüestro. Ela nem sempre chega rápida assim, muitas vezes sorrateiramente, nos toma.

Não lamento o seqüestro de Lie por alguns dias. Foi uma pena que foi por alguns dias, mas se fosse para sempre, muita gente morreria. Por incrível que pareça, há gente que a ama. Não chamei a polícia, pois dependendo do desenrolar na situação, ela, Lie, poderia me incriminar. Coisas ruins na vida acontecem, é claro, que não queremos uma vida certinha, eu não tive uma vida certa, mas sempre procurei me distanciar de algo assim. Atrasos já bastam os dos relógios das praças, e olhem que nem uso relógio.

No final, perguntei por que ela me procurou? Ela disse que seus seqüestradores falaram para ela se comunicar com quem não gosta dela.

No Gramophone : ´´Mentiras``, Sergio Nascimento.

Comentando os comentários:

Clarinha : (1) Belas palavras, também..(2) Vou procurar não pensar...(3) Saudades
Mirza: (1) Pode apostar em tudo isso...(2) Vi as fotos...Mas trauma...(3) Cocacolátra é assim mesmo.
Ladra do Bem: (1) Um outro pra você!
Ana : (1) Ficou?...(2) É um lado que vou mostrar aos poucos aqui.
Drica: (1) É meu, sim..(2) Obrigado.
Liliane Paula : (1) Que bom ter gostado...(2) É verdade....(3) Sobre animais, também.
DO : (1) A você também, amigo.
Jady : (1) Não é tão assim...(2) É, um pouco...(3) Também não sei de onde veio!
Fátima Gama : (1) Seja bem vinda!..(2) Volte, já que gostou.
Maith : (1) Não, o romantismo não morreu..(2) Tantos blogues!!!!...(3) Bem Vinda!
Elisa : (1) Muito sentimento!...(2) Outra pra você.
Dê : (1) Outra pra você, amiga..(2) Valeu o papo!
Mary : (1) Não há problemas...(2) Ótimo que seja assim.
Diana : (1) Que bom!!...(2) É de coração, sim.
Mônica Montone : (1) Mistérios é comigo mesmo...(2) Que bom ter sido um mal entendido
Micha : (1) Ótimo assim...(2) Não me atrasei!
Paty : (1) É isso mesmo...(2) Bom ter notado, e gostado.
Liliane : (1) Legal ter gostado...(2) Um dia ele dirá.
Shê : (1) Na realidade, sempre esteve...(2) Agora está melhor.
Magui : (1) Ficamos, e gostamos...(2) Se por alguém, nos dois, até.
Bel : (1) Apaixonado sempre...(2) Agora, eu nego!
Morcego : (1) As mulheres, caro amigo...(2) Sem mistério, perde a graça.
Leka : (1) Tudo ok..(2) Você merece mais que boa sorte!!!
Nilza: (1) Fico feliz por ter gostado...(2) É um prazer.
Edgar : (1) Todos os textos são meus...(2) Eu imagino a correria.
Lulu : (1) É, eu sei...(2) É verdade, os filhos!!...(3) Estarei lá na estréia.
Elayne Cristina :(1) Entendi a Via Sacra...(2) Bem vinda e apareça!
Fabíola : (1) Legal que gostou..(2) Fui lá..(3) Seja bem vinda!
Teti : (1) Legal!!!!....(2) É mesmo???.
Fernando : (1) Obrigado pelas palavras...(2) De vez em quando postarei uma...(3) Seja bem vindo!
Luma : (1) Ainda não, vou procurar..(2) Gosto muito da Diane Schurr, tenho dois cd´s...(3) Aproveitarei!


Escrito por Sergio Nasto,
às 08:44


| Sites e blogs favoritos |
Jady|Cintia|Cecilia|Guga Flaquer|Rackel|J. Neto|Euza|Carol|Bandeiras| Babi Soler|Natalia|Morcego|Drica|Claudia| Teti| Sidnei|Sieger | Lulu | Beti Timm|Ju|Katia|Eliana|Advi|Mirella|Raquel|Talita | Gisele|Luciana|Van |Juliana|Menina |Luana|Micha | Meninas/a>|Sonia | Dácio Jaegger| Monica Montone | Ana | Alê|Josi|Liz|Marcos | |Giovana Manzoli |Grace|Mario|DO| Be| Pepê|Katia| Mirza|MaithII|Luma|Janaina|Lia|Rosa|Cris Penaforte| Lino| Saramar|Mani|Ana Pontes| Raquel Moniz|Meire| Cilene|Sandra Turner|Fernanda|Hiran|Dalva|Mary|LilianePaula| Edgar|Magui|Sammyra|Mere|Tina Harris|Tina|Monica Cabral||Bel| Laura|Veronica|Elvira|Alice|Fabiola|Maith|Kall|Keila|Cejunior| Patty|Elisabete|F.|Marconi| Daniele|Barbara|Loba|Euza|Di|Fred|Vivi|Lili|Vera|Georgia| Elis|Paulo|PauloII|
| Arquivos |
02.2005 03.2005 04.2005 05.2005 06.2005 07.2005 08.2005 09.2005 10.2005 11.2005 12.2005 01.2006 02.2006 03.2006 04.2006 05.2006 06.2006 07.2006 08.2006 09.2006 10.2006 11.2006 12.2006 01.2007 02.2007 03.2007 04.2007 05.2007 06.2007 07.2007 08.2007 09.2007 10.2007 11.2007 12.2007 01.2008 02.2008 03.2008 04.2008 05.2008 07.2008 10.2008 11.2008 12.2008 01.2009 04.2009 06.2009 07.2009 08.2009 09.2009 11.2009 12.2009 02.2010 04.2010 05.2010 06.2010 07.2010 11.2010 12.2010 04.2011 08.2011


| Créditos |
Blogspot | Getty Images | Haloscan | Inversa


<body> <BGSOUND SRC="musicas.mid" LOOP="INFINITE">