|

28 de jan de 2006

Meu Segundo de Lucidez

...E, pensar em acreditar já é de bom tamanho um passo adiante...Passar entre as pessoas numa determinada rua, ou num determinado ônibus, cumprimentar, pedindo licença, faz parte de um tipo de socialização...Perdoamos aqueles que não pedem espaço, ou dizem obrigado...Nada que seja obrigado é bom para quem faz, exceto, quando olhamos para alguém, como quem diz...´´e aí? Cadê a educação?`` ...Assim são para cobras e lagartos de todas as idades que estão a solta em qualquer cidade do mundo, animais racionais que enganam.

Bom, lembro bem que foi em 1984, e estava indo à Sandiz, loja de departamentos que se situava onde hoje é o Shopping Botafogo. Peguei o ônibus, e antes de subir no viaduto do Mourisco, percebi um cego pedinte. Como saltaria no próximo ponto, o ignorei. Paguei minha conta, comprei um disco do Moody Blues, ´´Long Distance Voyager``, e voltei para o ponto de ônibus, louco pra chegar em casa e ouvir ´´Talking Out Of Turn``, e ´´In My World``, quantas vezes quisesse, e enjoaria até. Peguei o ônibus de volta, e subindo o viaduto do Mourisco, percebi outro pedinte, pra variar, cego. Não, não era o de quarenta minutos atrás, esse era mais velho.

Os segundos seguintes, foram dos mais inesquecíveis da minha vida...O ônibus 572, Glória-Leblon, desceu o viaduto entrou a direita, e depois à esquerda...Na Rua da Passagem...Então, ele se aproximou, e apenas estendeu a mão...Imediatamente, retornei ao 484 - Copacabana/Penha, que levava um jovem de um mundo longe ao distante...Esse agora que me estendia a mão, não seria por mim negado uma simples moeda...Dei-lhe uns trocados. Como estava sentado naquela única cadeira, que sempre achei coisa de criança, percebi que ao descer, ele saltou até a calçada, não se apoiou com o corpo na porta, como seria o correto...Provavelmente, dei moedas ao cego errado.

Quarta-feira, a história quase se repetiu. Um senhor parecendo demente, maltrapilho, com uma colher na mão, entrou no prédio onde trabalho. Eu estava saindo para o almoço, e perguntei-lhe se desejava algo. Ao me ver, logo me deu um cartão, quase derrubando a ´´quentinha`` aberta colada ao corpo. O bilhete anunciava: ´´ Sou mudo``...Bem, entendi que poderia ser surdo. E, com gestos, tentei falar-lhe: ...´´O senhor não pode seguir, é intervalo para almoço, e não há atendimento.``...Ele me devolveu essa:...´´..Só quero beber um pouco d´água, tô entalado com a comida.``...Filho de uma meretriz!, pensei alto.

No Gramophone: ´´ Nervous``, Moody Blues.

Comentando os comentários:

Eudinha: (1) Não tem problema, eu entendo?(2) Temos medo, mas acontece.
Liliane: (1) Não é fácil de explicar..(2) Julgar, não se pode, somos humanos.
Mônica: (1) Não é só com homens...(2) Ele não estava só, poderia ser a mulher.
DO: (1) Sempre essas horas são erradas..(2) Não se conserta nada com erros.
Morcego: (1) Ele se diz cego por paixão...(2) Não deixou de ter sorte, poderia morrer.
Lulu: (1) É, eu percebi.(2) Também, ando na correria, e dividindo computador.
Ana: (1) Tudo bem, julgar é difícil...(2) Vamos aguardar o saldo depois dos gastos.
Shê: (1) Na hora de casar, ele não tinha dúvida...(2) Só conhecemos a pessoa depois do convívio...anote isso, é real.
Lia: (1) Isso ocorre todo santo dia..(2) Os resultados é que diferem.
Jady: (1) Super complicada.. (2) É que falei pra ele, depois da conversa séria que terão.
Dê: (1) Presente recebido!..(2) Ótima audição!..(3) Recebi o e-mail
Carol Sarmento: (1) Eu nem tento pôr, para não estragar..(2) Ficou mais linda.
Diana: (1) É, não é uma boa, mas ele não é uma pessoa ruim..(2) Ficarão, tenho certeza.
Luma: (1) Encontros sempre para o bem...(2) Desencontros sempre para o bem, também. As coisas são assim.
Dalva: (1) São jovens e pagaram caro...(2) Foi isso que pensei, no caso, os dois queriam.
Rmfc: (1) Você é jovem, a inconstância é maior..(2) Não pode é continuar, se viu que errou.
Patrycia: (1) É como ele se sente, arrependido depois que perdeu..(2) Não se enganar é a melhor maneira de seguir.
Alessandra: (1) Obrigado...(2) bom passeio!
Claudia Beatriz: (1) A intenção é confundir mesmo..(2) Você é sempre bem vinda.
Hiran Abif: (1) Ah, que isso! Obrigado...(2) Sem falar que queria sua sapiência.
Clarinha: (10 São escolhas erradas, mas que muitas vezes dão bons resultados..(2) Conversei com ele antes de casar, e falamos exatamente disso, da dúvida.
Carol S.: (1) Na época havia sentimento..(2) Mas ele não sabia se era falso ou verdadeiro.
Drica: (1) Ficamos assim: perplexo!...(2) Mas nada como uma casa bagunçada para se arrumar.
Magui: (1)Descarado assim, provavelmente não é por prazer..(2)Lembro qeu você tava chateada um dia, então era isso?


Escrito por Sergio Nasto,
às 07:41


20 de jan de 2006

Um Romance Real


...E, segundo ele me falou, namoraram um bom tempo, até o final de 2002, quando mudou para outra cidade. Eram adolescentes, sendo ela com um pouco mais de idade. Com o tempo as coisas foram se modificando, ele já não se empolgava tanto com as cartas, algumas sequer abriu. Os telefonemas ficaram escassos, e a mentira de ´´eu te liguei, mas ninguém atendeu``, virou a de sempre. Ele ligava justo na hora em que ela ainda estava no trabalho, até que um dia deixou por completo.

Um ano e meio depois houve um reencontro, e as explicações agora, ao vivo, eram por demais pesadas para seus ombros. Sua mãe cobrava uma atitude com aquela que escolhera como nora, e a família dela, esperava o ´´papel de homem`` ser cumprido. Para fugir dela antes de fugir de si, resolveu não voltar mais à cidade. Os meses futuros não tinham um roteiro certo, não havia planos, projetos, no fundo, uma omissão de seu próprio socorro. Não havia a mão que tanto pediu a Deus, para as horas de sufoco.

Não sabe o porquê, mas resolveu voltar atrás de tudo e por tudo. A idéia de prosseguir lhe parecia real. Ligou, escreveu...Poderia estar sendo imaturo, mas sentiu solidão...E nessa solidão conheceu outra bem mais nova, que aos poucos tomou o lugar da primeira, mas ele seguiu em frente, já que tinha ligado e escrito. Pouco tempo depois me falou em casar. Conversamos e falei que estava sendo precipitado. Mas ela cobrava mais e mais, e estava com razão. Ela estava quieta, sentimento adormecido. Ele acendeu a luz no fim do túnel.

Casaram. Ela mais experiente, e satisfeita. Ele, não. Dia a dia tentava amenizar arranjando encontros casuais, rápidos. Reencontrou a outra, e viveram seus melhores momentos. Elas se conheceram, a esposa percebeu e o ciúme surgiu. Ela mudou para a mesma rua, e a avenida era pequena para os três. As praias escondidas testemunhavam, mas nada diziam. Um dia comentei com ele que minha música preferida dos Paralamas do Sucesso era ´´Romance Ideal``, agora entendo porque era sua preferida.

Hoje, tudo acabou, inclusive o casamento, ele estava apaixonado, ela também...mas a esposa chegou em casa na hora errada.


No Gramophone : ´´ Don´t Know Why``, Norah Jones.


Comentando os comentários:

Diana: (1) É muito gratificante?(2) Te aguardo!

Dalva Helena: (1) Sei o quanto vocês querem esse sonho...(2) Não vai demorar muito e lembraremos disso tudo...(3) Podem ficar tranqüilos.

Mônica Cabral: (1) Imagino a dificuldade que é estar fora do país e tentar realizar seus sonhos dessa maneira...(2) Como falei estive muito ocupado durante essa semana.

DO: (1) Ânimo, cara!!!!...(2) Sonhar é uma continuação!

Hiran Abif : (1) Pois assim foi mais ou menos a minha vida...(2) Me aposento em 2011, e quero continuar vivendo aqui.

Alessandra: (1) Vi as mudanças...(2) já te linkei.

Magui: (1) Mudei por causa da minha separação...(2) Vim atrás de mudanças para mudar de ar, atrás de sonhos.

Clarinha: (1) Foram dias difíceis, mas passaram...(2) Espero que estejas melhor...(3) É, o Flu tá à toda! Rumo ao bi!...(4) Vê se pára de dar vinho pra eles!

Dê: (1) Já recebeu?...(2) Queria ver sua cara!

Rmfc: (1) Isso sempre foi minha prioridade..(2) Quando se realizou foi como estar no céu...(3) Já pensou se seu pai começasse a conversar?.

Luma: (1) Em toda a busca eu tive o pé no chão, por isso não me decepcionei quando não deu certo em algumas vezes...(2) Batalhas e mais batalhas, e agora to meio que sombra e água fresca..mas, só as vezes.

Jady: (1) Isso mesmo...(2) Esse é o espírito da coisa.

Carol: (1) Pois foi assim mesmo que aconteceu...(2) É eu vi, e já fui lá.

Ana Melo: (1) Quando substituímos é porque faltou algo de especial, então temos que nos dedicar a outro...(2) As músicas do Flávio já são um sonho.

Patty: (1) Comer não é vício, é necessidade, e sendo assim, podemos controlar...(2) Não conseguimos ser feliz o tempo todo, porque tem os intervalos para a conquista de outros sonhos.

Shê: (1) Pois pense assim a partir de agora...(2) Veja que você tem muitos para realizar.

Greice: (1) Bem Vinda!!!...(2) A conquista faz parte da vida, que por si só já é uma....(3) Linkei você.

Canceriana: (1) Somos muito parecidos...(2) Não sou muito de acreditar em signos, mas tem esse negócio de afinidades, e isso é bom...(3) Então,vamos lá!!! Vamos tomar algumas..sem álcool.

Nilza: (1) Obrigado!...(2) Para melhor compreensão tem que ser acordado.

Felipe Ramos (englishvox) : Não tenho interesse, a não ser em um curso.

Seda: (1) Um lindo fim de semana pra você..(2) É com prazer!

Gilzinha: (1) O bom é que quando se torna real, vem outro...(2) É vero!

Kika: (1) Ok, e foi um prazer conhecê-la...(2) Te linkei, também.

Teti: (1) Bom revê-la....(2) Vi a foto, e agora fica melhor para enviar o que prometi para minha sobrinha...(3) Sinto saudades, mas entendo.

Luiz: (1) É como o seu caso, e entender isso é provar...(2)O sem fim é o começo na realidade.

Ana: (1)Feliz é você por fazer da sua vida um sonho, e realizá-lo a cada dia...(2)Bicampeonato? É bem possível!


Escrito por Sergio Nasto,
às 23:25


14 de jan de 2006

Atrás das Linhas


...E, o sonho estava realizado. Dizem que sonhamos acordado, e isso é verdade. Eu passei anos sonhado acordado. Quando eu dormia, sentia alivio, por estar tentando o melhor . Não lembro de ter ficado preocupado pela falta de confiança, de fé em Deus. Foram dias intermináveis, e por duas vezes tive a certeza de conseguir, e não houve acordo. Mas não me decepciono fácil, porque tenho certeza que o dia segue a noite, que segue o dia.

``....Aqui começa minha mais dura jornada, hoje começou. Não sei como serão os dias desse ano de numero ímpar, e será um ano ímpar na minha vida. Dizer que estou com medo, não seria a verdade mais correta, mas temo por quem está do meu lado: Meus filhos....Quando essa batalha acabar morto não estarei.....E, quando lá chegar, devolverei à minha vida, a força que as vezes me falta, mas sempre que com Ele converso, fico satisfeito com Sua resposta....E, é impossível, Ele não existir, como cheguei a desconfiar...``

Esses são trechos do escrito na agenda em 1999, quando cheguei ao Rio para escrever meus dois mais longos anos, os mais proveitosos, e os mais fiéis ,até 2001, quando terminei o livro, e mudei para minha atual cidade. A vida em Brasília, me trazia uma paz desconhecida, e todo o terremoto, e calmaria que passei no Rio, eram no fundo uma preparação para conhecer a paz interior que hoje está comigo. É como já tivesse ultrapassado todas, ou pelo menos a maioria das barreiras até o fim da vida.

Hoje, vejo que um sonho é para toda uma vida, que ele não apenas se cumpre, como foi feito para viver.A busca desse mesmo é para ser construída todos os dias, horas, minutos, segundos. Não se quer perfeição, eu não queria perfeição. Queria um dia de sol, um mar aberto, filhos crescendo, um amor, um caminho para seguir em frente. Aos poucos, consigo o que quero, cada um no seu lugar, pegadas no chão, e uma longa, longa trilha muito além do horizonte.


No Gramophone : ´´Amanhã``, Guilherme Arantes

Comentando os comentários:

Mônica Cabral: (1) Bem Vinda!!!....(2) Listas são sempre temporárias, podem ou não acontecer...(3) É isso aí, cada dia uma aula diferente....(4) Quando não souber o que comer, beba apenas...(5)Apareça!

Dalva Helena : (1) Faço a minha em off também...(2) Guardo apenas para ver se foi possível cumprir...(3) Aquele sonho tá valendo!...(4) Tem cafezinho aì? Somos viciados.

Diana: (1) Tudo bem, e você ?...(2) É bom fazer, faça, assim saberá do que realmente quer, como separar prioridades...(3) Trabalho faz parte dessa lista, como a saudade de você

Magui: (1) Gosto de anotar as possibilidades..(2) Assim sei da capacidade de cumprir a missão.

Dê: (1) Saudades sempre (2) Já recebeu?...(3) Obrigado pela torcida espero conseguir mais alguns...(4) Soube, falei com ela.

Ana: (1) É, tinha tempo mesmo...Um Rio Comprido...(2) É isso, deixar levar, é como não gostar da vida...(3) Para que esse seu plano a longo prazo dê certo, eu torço, e muito...(4) Vamos, sim, brindar

Clarinha: (1) Para não desviar a rota, é bom já traça-la...(2) Os planos são parte do caminho, por que antes não sabemos deles....(3) Entendeu o comentário?

Branco Martins: (1) Bom retorno!...(2) Imagine que tinha mudado de endereço ou de cidade...(3) Pois é, criar expectativas nos decepciona...(4) É como saber que vai ganhar um presente que sempre quis, deixe chegar para abrir.

Carol Bonates: (1) Bom retorno!!..(2) Nem acreditei quando lí...(3) Que bom sua mãe ter gostado de mim. Beijo pra ela....(4) Eu sei de tudo, como você estava, por isso liguei, mas respeitei seu off....(5) Amigos estão sempre presentes.

Drica: (1) Que os seus sonhos se realizem muito mais que os meus...(2) Só aceite mais a chegada deles.

Zy: (1) Como esquecer você ?....(2) Passei por lá e te vi muito feliz...(3) Arrume a casa lá que passarei mais vezes.

Lulu: (1) Entendi agora, e depois do papo...(2) Chegou?...(3) Você é um achado, e não um caso perdido...(4) Ouvi o The Corrs, apesar de já Ter ouvido, melhorou meu conceito.

Jady: (1) Essa sua foi ótima!...(2) Não, nós poderíamos ser ´´coisas ruins``, mas somos ´´coisas boas``, porque logo veio o ano ímpar...(3) Concordo com sua vêia administrativa.
Morgana: (1) Pra você também...(2) Obrigado...(3) Ih! Espero nunca brigar contigo.

Rmfc: (1) Foi surpresa ler, pois não lembrava onde e até que tinha escrito...(2) Mas é assim esmo, você é nova, e as primeiras concretizações são assim, melhoras interior...(3) Escreva, e guarde sem segredos.

Hiran Abif: (1) Cara, 10 anos!!!...(2) Sou muito desorganizado nesse ponto, guardo numa gaveta bagunçada por alguns meses...(3) Agendas é que guardo por vários anos, são meio livros de nossa vida.

Morcego: (1) As contas são para serem pagas, só isso. Não gosto nem de olhá-la depois....(2) Sei qual a música...(3) Espero que possamos ir ao Maracanã...(4) Claro, o resultado da partida não importa, brindaremos à nossa amizade.

Alessandra: (1) Tudo bem...(2) Ok, estou me cuidando...(3) Apareça!

DO:
(1) Tomara que sim, tenho fé...(2) É o caminho que está aberto a todos, resta escolher.

Shê: (1) Melhor que aprender com os erros é fazer o certo para não errar...(2) As coisa ruins são boas também, fazem parte.

Sêda: (1) Não faço claramente pedidos, apenas tenho intenções...(2) Assim se consegue, também, mas não custa conferir...(3) Esse tempo também procuro, e vou conseguir....(4) Beijos, miguxa.

Luma: (1) Está feito sei pedido, falei do sonho realizado...(2) Isso! Presente de Deus, foi assim o meu.

Carol S.: (1) Correto pensar assim, mas levante um pouco mais a cabeça...(2) Torço por você...(3) Só o tempo para nos fazer mudar e dizer alguma coisa melhor....(4) Bem, está um bom texto para você refletir.

Ana Melo: (1) Não vejo defeito, se tudo está sempre bem...(2) Se as coisas que queremos acontecem porque estamos fazendo tudo certo...(3) Com falei acima é como um presente.

Nando Ikari: (1) Valeu,cara!....(2) O ânimo está no ato...(3) A fase passa, mas temos que dizer a ela quando.

Kika: (1) Seja bem vinda!...(2) Obrigado pela agradável visita e palavras..(3) Apareça!

Liliane Paula: (1) Assim tão curto?...(2) Eles não se acabam a medida que você passa as 25 horas com ele...(3) Por exemplo, uma consulta sua pode levar a uma vida de alguém mais longe.

Canceriana: (1) Que venha!!!!...(2) Está pronta pra irmos à paia?

Gilzinha: (1) É mesmo??..(2) Eu anoto apenas o suficiente para não esquecer...(3) E então, anote aí, ´´um dia vou à Maceió``.

Edgar Borges: (1) Que bom, assim a realidade fia mais próxima...(2) Das minhas, todas dependem do meu trabalho...(3) Coragem para encarar o inesperado.

Gisele: (1) Ma parecia sim...(2) Não quero estragar sua festa...(3) Isso é para o bem do futebol apenas, lembra das Copas de 1978, 1982, 1986,1998?...(4) Você pode assistir, como eu vou, mas ganhar acho difícil....(5) Tomara que eu esteja errada.

Claudio Azevedo: (1) Bem vindo a bordo!!!!...(2) Sigo a melhor rota...(3) Apareça...(5) Visitarei seu navio!


Escrito por Sergio Nasto,
às 12:37


7 de jan de 2006

O Início


...E, eu não sou de escrever sobre o que quero para o ano que se inicia, costumo apenas fazer pequenas anotações de coisas possíveis. Não brigo por desejos difíceis. Não tenho muito tempo para brigar, gosto de caminhos fáceis, mas não muito de atalhos. Ganho três ou quatro agendas mas não as uso, assim como não uso relógio. O tempo nos diz tudo, a cada momento do passado, diz no presente e dirá no futuro, não precisa de hora, ela não pára.

Nos últimos dias do ano, aproveitando umas folgas para limpar meu armário de papéis velhos, extratos, contas pagas, envelopes vazios, encontrei uma agenda de 1999, onde tinha escrito um desejo, que foi realizado em 2001. Ano passado falei com uma amiga que em dezembro eu saberia se uma escolha feita em novembro de 2004, foi a correta. Liguei pra ela esse final de ano para lhe dar a notícia do acerto, e que ela poderia confiar como sempre lhe falei. Não fiz planos, mas aconteceu.

Na realidade, não gosto de fazer planos, principalmente a curto prazo pois esses tendem a não se concretizarem, por causa das diversas complicações e imprevistos que surgem. Sempre a intenção é de ´´ pensar em planos``, assim não crio muitas expectativas, e não fico decepcionado caso não se realize. Costumo priorizar coisas, algumas sobras não vejo sentido em continuar, e as deixo pelo meio do ano. São experiências, apenas.

Então, quando lí o antigo sonho, achei engraçado, e fiquei feliz em ver que foram minhas antigas escolhas que fizeram com que fosse sucesso. Assim como o do ano passado. Se ainda não os tivesse realizado, pela minha vontade, provavelmente ainda estaria buscando seu caminho. Pensando assim, como fiz há anos atrás, anotei algumas coisas que quero cumprir. Tentarei, como antes, seguir o melhor caminho.

No Gramophone: ´´Never The Same``, Supreme Beings Of Leisure


Comentando os comentários:

Claudia Beatriz: (1) Obriagado...(2) É realmente foi um presente você comentar duas vezes, é uma honra pra mim...(3) Um ano assim pra você, também.

Luma: (1) Flor azul ?? É para a felicidade?...(2) Que anonymous bonitinha!!.

Elisa: (1) Sempre queremos, nada há de errado nisso...(2) A conquista de um sonho é a porta de entrada para outro!...(3) Você vai conseguir.

Shê: (1) melhorou, e muito, eu vi. Lembro do inicio quando nos conhecemos...(2) Sem luta não há prazer, essa é a realidade...(3) Torço por vocês.

Nilza: (1) Eu não valorizo essa de retrospectivas, o ver o que foi ruim, vejo sempre o lado bom das coisas...(2) O ano virá bem melhor que o passado, isto é que temos que acreditar.

Magui: (1) Tem gente que não aceita os baixos, mas sem o baixo não há o alto, como vai saber que está tudo bem, se não esteve mal...(2) Querer sempre mais não é ruim, o problema é querer mais alem do que já cosguiu numa mesma hora ...(3) Há tempo para cada momento.

Luiz: (1) Não há problemas, amigo, passei por isso essa semana, não cosegui comentar nem postar como quando queria....(2) Eu estou bem, esperando o ano passar com pensamento sempre positivo.

Rmrc: (1) É verdade, o crescimento é a sustentação para quem seremos, se você pára de crescer como pessoa, você deixa de sonhar...(2) Coisa bonita e verdadeira merece elogio, eu apenas confirmei.

Dalva: (1) Quem faz alguma coisa para melhorar alguém, com certeza é feliz...(2) Penso que fazer algo assim é como atestar seu agradecimento à Deus, e repartir um pouco para quem precisa..(3) Não precisa ser muito, uma doação, uma palavra, um pouco de si, já basta....(4) Curti, e um dia estaremos aqui.

Seda: (1) Belo texto...(2) Penso que a felicidade está primeiramente dentro de cada um, e daí pode ou não repassá-la...(3) Se acreditar nessa força interior, a vida ficará mais fácil.

Clarinha: (1) Só impulsionam quando se acredita (2) Vamos juntos para o abraço!!..(3) Seremos sim felizes num ano melhor....(4) Podemos sim elogiar a realidade.

Luciano: (1) Temos esse dom...(2) Se você pensar bem, não é à toa que as pessoas são diferentes...(3) Nos ´´blogueremos``!

Drica: (1) Mas por quê deixar apenas para o final do ano, não é? Temos que ver isso todos os dias...(2) concordamos mesmo...(3) Será, nosso ano será bem melhor.

Liliane Paula: (1) Passei aqui mesmo em Maceió...(2) Feliz ano para nós!!!

Dê: (1) Para você também, e toda sua família...(2) Você terá uma surpresa em alguns dias!..(3) Passarei lá!

Diana: (1) Para todos nós!!!!!!!!!...(2) Se pensarmos melhor veremos que já temos esse sucesso.

Ana e Morcego: (1) Claro!!!!..(2) Indo ao Rio, brindaremos!!....(3) Bons vôos para você, amigo...(4) Será que haverá um Flu e Vasco para assistirmos?

Thiane: (1) Esperança é tudo o que precisamos...(2) Era inacreditável antes.

Edgar: (1) Descanse, pois o ano é longo...(2) Só não durma os 365 dias.

Lulu: (1) Surpresa!!!!!....(2) Queria ver seu espanto!...(3) Pode ser um sonho até, e será novo.

Jady: (1) Pode entrar!!!!..(2) Já pensei nisso antes, as melhores coisas aconteceram em anos impares, não sei se tem a ver pois nasci no ano par...(3) Depois passei a encarar de outra forma e não penso mais nisso....(4) Será redondinho, até na copa!

Canceriana: (1) Valeu a conversa, estava com saudades da sua voz...(2) Farei de tudo para estar aí...(3) Nos encontraremos pelas linhas telefônicas da vida, ok? ...(4) ´´It´s Only Rock´n Roll, but l Like!!!``...vamos lá!!!

DO: (1) Claro que sim, sem problemas...(2) Um ano de sorte para nós!

Alessandra: (1) Bem Vinda!!!..(2) Passarei por lá!

Ana Melo: (1) Assim é que se pensa grande...(2) Fica mais fácil abrir uma porta quando sabemos os erros sem reflexão...(3) Não esquecerei.

Mirza: (1) Fora do ar, mas não fora do mundo blogueiro, né?...(2)Falei com ela e João, e recebi e-mails...(3) Não ando não, essa semana é que andei ocupado e viajando muito aqui no interior do estado.

Litinha: (1) Será sim!...(2) Não, apenas andei muito ocupado no trabalho.

Cristiano: (1) Tenho uma boa intuição, e sei que será um grande ano...(2) Viverei bem, pode apostar.

Hiran: (1) O que passou não me importa muito, não há como fazer diferente...(2) Se errei tenho a oportunidade de acertar...(3) Anos são simplesmente dias continuados, que se transformam em vida.

Gisele: (1) Percebi..(2) Andei meio ocupado nessa primeira semana do ano, apenas muito trabalho...(3) Não espere, nem peça, tudo de bom surgirá, e você dirá...´´e eu nem pedi...´´


Gilzinha: (1) Também gosto muito dele. Também curto Barry White, Curtis Maysfield, Lou Raws, Al Green..essa linha;...(2) O ano segue e nós vamos atrás, fazendo algo de bom, aproveitando o tempo livre.


Escrito por Sergio Nasto,
às 12:17


| Sites e blogs favoritos |
Jady|Cintia|Cecilia|Guga Flaquer|Rackel|J. Neto|Euza|Carol|Bandeiras| Babi Soler|Natalia|Morcego|Drica|Claudia| Teti| Sidnei|Sieger | Lulu | Beti Timm|Ju|Katia|Eliana|Advi|Mirella|Raquel|Talita | Gisele|Luciana|Van |Juliana|Menina |Luana|Micha | Meninas/a>|Sonia | Dácio Jaegger| Monica Montone | Ana | Alê|Josi|Liz|Marcos | |Giovana Manzoli |Grace|Mario|DO| Be| Pepê|Katia| Mirza|MaithII|Luma|Janaina|Lia|Rosa|Cris Penaforte| Lino| Saramar|Mani|Ana Pontes| Raquel Moniz|Meire| Cilene|Sandra Turner|Fernanda|Hiran|Dalva|Mary|LilianePaula| Edgar|Magui|Sammyra|Mere|Tina Harris|Tina|Monica Cabral||Bel| Laura|Veronica|Elvira|Alice|Fabiola|Maith|Kall|Keila|Cejunior| Patty|Elisabete|F.|Marconi| Daniele|Barbara|Loba|Euza|Di|Fred|Vivi|Lili|Vera|Georgia| Elis|Paulo|PauloII|
| Arquivos |
02.2005 03.2005 04.2005 05.2005 06.2005 07.2005 08.2005 09.2005 10.2005 11.2005 12.2005 01.2006 02.2006 03.2006 04.2006 05.2006 06.2006 07.2006 08.2006 09.2006 10.2006 11.2006 12.2006 01.2007 02.2007 03.2007 04.2007 05.2007 06.2007 07.2007 08.2007 09.2007 10.2007 11.2007 12.2007 01.2008 02.2008 03.2008 04.2008 05.2008 07.2008 10.2008 11.2008 12.2008 01.2009 04.2009 06.2009 07.2009 08.2009 09.2009 11.2009 12.2009 02.2010 04.2010 05.2010 06.2010 07.2010 11.2010 12.2010 04.2011 08.2011


| Créditos |
Blogspot | Getty Images | Haloscan | Inversa


<body> <BGSOUND SRC="musicas.mid" LOOP="INFINITE">