|

18 de ago de 2005

Embaixo das Chaves

...E, eu queria a sorte de um amor tranqüilo...Assim eu pensava...Na volta de um torneio esportivo, o qual não pude ir por uma pequena contusão, um amigo me falou: ´´Conhecí uma garota que é do jeito que você gosta``. Ele me contou como ela era, que havia feito amizade, e falado muito de mim. Nunca gostei de apresentações, mas com tanta certeza, achei interessante a sugestão de convidá-la para passar um fim de semana com a gente. Eu e Arnaldo, morávamos juntos, numa casa de três quartos, bem legal e simples numa rua sem saída, Bairro Novo, na cidade de Olinda. Como ela morava em Fortaleza, combinamos que a conheceria em algum fim de semana de dezembro, quando estaria de férias. Corria o mês de outubro, e até lá, foram inúmeras conversas em que o assunto terminava na garota que tinha encantado meu amigo.
Lembro bem do primeiro momento em que a vi...Ela passava do outro lado da rua em direção a uma outra casa vizinha. Não ficaria bem, uma garota ficar numa casa de solteiros numa rua tão pequena onde todos se conheciam, apesar de que éramos queridos, mas não era de bom tom, ainda mais que era ainda uma adolescente, tinha 18 anos, recém chegados. Então, arranjamos uma casa de família para ela ficar mais tranqüila. Como não a conhecia, nada falei, e não fui apresentado como tínhamos combinado. Mas, até que gostei...Eu mesmo queria conhecê-la. Á noite, nos reunimos na varanda da casa onde ela estava hospedada, para cantar, beber, jogar conversa fora. Ela havia saído para conhecer a cidade com as meninas da casa, e no segundo momento, lembro enquanto cantávamos, ´´Canção da América``, do Milton Nascimento, elas chegaram. Ali naquele instante, ao sentar do meu lado, e terminar a canção olhando pra mim, se eternizou um dos melhores segundos da minha vida...Então, ela falou: ´´Bem, acho que você é o famoso Sergio?``
É, ela era a famosa garota que meu amigo falou, a ´´heroína francesa``, e que estava certo: ela era do jeito que eu gostava. Aquela noite foi só nossa, conversamos bastante, sobre tudo o que há entre o céu e a terra. Rimos de tudo o que há entre a tristeza e a alegria e selamos uma amizade, com uma leve pitada de amor. Dali, seguimos caminhos diferentes, mas, sempre iguais, começaram as cartas, centenas delas, ao final. Telefonemas, chegadas surpreendentes...´´ Voltei pra você! ``...Era o título de uma novela das seis num dia qualquer que ela chegou na rodoviária da cidade. Ela era a nora que minha mãe queria, e eu, o genro que a mãe dela esperava. Ela gostava de Fagner e Belchior; eu, de Milton e Beto Guedes. Sempre indo a cidades em que eu estava, encontros inesquecíveis, aniversários memoráveis, presentes perfeitos e discussões inexplicáveis, inúmeras delas, algo até fora de controle, crises de choro, certeza e dúvida de que tipo de amor e amizade era aquele. Ataques de ciúmes, junto a abraços, beijos em formas de carinho...E eu só queria a sorte de um amor tranqüilo.
Os anos foram se passando, e nada se decidia. As namoradas que tinha não me faziam qualquer efeito devastador, coisa que pudesse fazer esquecê-la. Todos eram relacionamentos rápidos, alguns sem começo meio e fim. Mas um dia na vida o sol nasce torto, e se põe perfeito. E foi numa noite assim que conheci uma outra heroína que me salvou. Namoramos, e decidimos depois de uma gravidez que iríamos morar juntos. E por esses tempos, num telefonema, disse a minha ´´heroína francesa``que seria pai até julho daquele ano...E anos depois, de frente para o aeroporto de Fortaleza, ela me falou que seu mundo desmoronou naquele dia...Mês passado, na semana do meu aniversário, ela me ligou, depois de dois anos sem nos comunicarmos. Está casada, e foi boa a lembrança, ligarei no seu dia. Nosso amigo, Arnaldo, que mora em outra cidade mais ao sul, havia me ligado no mesmo dia, e nossa conversa terminou como sempre falando dela.
E, eu queria a sorte de um amor tranqüilo...

No Gramophone: ´´Joana Francesa``, Chico Buarque

Comentando os comentários:

DO: (1) Pois é, não poderíamos deixar de representar e externar nossa emoção e coração...(2) É que muita coisa passa despercebida, mas é ´´dar ouvidos`` uma vez e acertar para não mais deixar de atender a intuição...(3) Sou de cancer e não sei muito se tem algo a ver...(4) Claro, conto contigo, e a pressão é só regular o peso e deixar de lado os churrascos.

Jady: (1) Aposentado, porque não quero lembrar de trabalho e não em qualquer ferias por que não daria tempo, uma viagem de navio, demora...(2) Isso é bom, eu levo a sério, e também, ultimamente não tenho qualquer arrependimento por tê-la seguido.

Anna: (1) Continue assim, sempre penso que aceitar essa ´´orientação``..(2) A tranqüilidade é fundamental para o seguimento, então, respire fundo antes de parar e ouví-la...(3) Bons pressentimentos? Tem um de que você é uma pessoa maravilhosa.

Anita: (1) Que saudade, Paulinha !!!.É bom revê-la, muito bom...(2) É, foi mais ou menos como a Alanis diz..(2) Na dúvida siga o que você pensa, essa é a norma para mim.

: (1) Num final de semana aconteceu o mesmo com meus tios, lembrei disso com o seun relato. Ficaram trancados em casa durante alguns minutos. Agora, saca essa: Anos depois minha tia mudou e quando alugou uma casa, ela tem quase certeza que um dos assaltantes era o seu atual Locador...Bem, a intuição dela falava isso..(2) Obrigado pela lembrança no Dia dos Pais .(3) O nosso Flu tá indo bem..(4) Ando um pouco ocupado e sem tempo a noite, mas a gente se encontra

Ana: (1) De combinação em combinação estamos chegando....(2)Bom, isso de reconhecer nas pessoas o lado bom. (3)Eu tenho essa intuição, e sei quando as pessoas são de boa ou má indole, geralmente atraio as de boa..(4) Um exemplo é esse blog....(5) Obrigado pelo cumprimento ao Dia dos Pais, e melhoras para seu filho.

Liliane: (1) Já que assistiu, lembra daquela estrada que o onibus passa logo que eles chegam a cidade?Pois é, é nela que quero caminhar...(2) Apaixonar-se? Nunca se sabe.....(3) Uma casa daquelas? claro que pode, quem sabe, você não disse que se um dia for pode não voltar...(4) As Pontes de Madison...eu achei um dos melhores filmes, e Um dia Muto Especial, é sensacional, ele é de 1978, acho.

Jackie: (1) Obrigado pelo nome da minha filha, e pelo cumpirmento do Dia dos Pais...(2) Concordo, temos sim muita coisa em comum., além da intuição apurada. Tem outras coisas boas que não falei ...(3) Essa caminhada já é um aperitivo para a de Santiago de Compostela...(4) A gente de vê no msn qualquer dia.

Clarinha: (1) Bem, isso é um excelente sinal...(2) Acho que temos um grande indicador e temos que ouví-lo...(3) As vezes a compnahia que estamos é que não está em sintonia então atrai coisas ruins.Foi como falei as vezes tem algo que passa despercebido, uma simples distração e não vemos o óbvio...(4) Obrigado pelo cumprimento ao Dia dos Pais...(5) Esse bombom é o meu preferido, obrigado.

Eus: (1) Eu também, tenho trabalhado muto nesse mês de agosto, mas mais por deficiencia de pessoal ...(2) Já reservei seu lugar, ok? E não é na mala. Fiquei tranquila...(3) A idéia de um livro é excelente. Já pensei nisso, mas sou vou saber quando chegar na época, com a turma reunida. Será de relatos, também. Cada um com sua experiencia...(3) Então, é sonhar para realizar.

Drica: (1) É, quem sabe, mas isso não suficiente, tem que querer...(2) Se acha que ela te enanou alguma vezes é porque você não stav com o equilibrio de que falei, acho que é por aí...(3) Ela é seu próprio senso, então não crie na cabeça que você tem que tomar cuidado com ela, e sim, de acreditar nela. Isso é importante.

Karen: (1) Quando ela chegou de volta a padaria, o assalto já tinha ocorrido, ela só ficou impressionada, porqeu algo dizia que ela tinha que sair da padaria naquela hora...(2) Gosto das pessoas aqui comentam como fossem vizinhos morassem no mesmo bairro. Falo em amizade virtual mas na realiade os tenho como amigos reais...(3) Nosso conhecimento, as afinidades são inexplicáveis...(4) Estarei sempre lá!

Mirza: (1) Eu entendo esses problemas, agora mesmo o meu não lê disquete, então tenho que bater no Word e enviar por e-mail, já que sempre o concluo aqui no trabalho...(2) Isso é o que impota: qualidade, A medida que vamos entendedo melhor a vida, vemos o quanto perdemos por dar valor a quantidade antes...(3) Acredito plenamente, e mais boa sorte nessas tentativas frustadas.

Lulu : (1) Então, passe a ficar mais atenta, tanto na rua, pra vida, e principalmente para sua intuição...(2) Uma pessoa especial como você pode perder grandes oportunidades pela distração...(3) Agora, vamos olhar em frente?

Canceriana: (1) É assim que alguns chamam, e é assim que parece...(2) Seguimos.

Carol: (1) É como falei, algumas pessoas são super distraídas, e não identificam quando aparece...(2) Ainda bem, e ela é uma das que as vezes deixa escapar essa intuição, por distração...(3) Eu não sei como põe essa foto, mal sei blogar.


Escrito por Sergio Nasto,
às 20:06


| Sites e blogs favoritos |
Jady|Cintia|Cecilia|Guga Flaquer|Rackel|J. Neto|Euza|Carol|Bandeiras| Babi Soler|Natalia|Morcego|Drica|Claudia| Teti| Sidnei|Sieger | Lulu | Beti Timm|Ju|Katia|Eliana|Advi|Mirella|Raquel|Talita | Gisele|Luciana|Van |Juliana|Menina |Luana|Micha | Meninas/a>|Sonia | Dácio Jaegger| Monica Montone | Ana | Alê|Josi|Liz|Marcos | |Giovana Manzoli |Grace|Mario|DO| Be| Pepê|Katia| Mirza|MaithII|Luma|Janaina|Lia|Rosa|Cris Penaforte| Lino| Saramar|Mani|Ana Pontes| Raquel Moniz|Meire| Cilene|Sandra Turner|Fernanda|Hiran|Dalva|Mary|LilianePaula| Edgar|Magui|Sammyra|Mere|Tina Harris|Tina|Monica Cabral||Bel| Laura|Veronica|Elvira|Alice|Fabiola|Maith|Kall|Keila|Cejunior| Patty|Elisabete|F.|Marconi| Daniele|Barbara|Loba|Euza|Di|Fred|Vivi|Lili|Vera|Georgia| Elis|Paulo|PauloII|
| Arquivos |
02.2005 03.2005 04.2005 05.2005 06.2005 07.2005 08.2005 09.2005 10.2005 11.2005 12.2005 01.2006 02.2006 03.2006 04.2006 05.2006 06.2006 07.2006 08.2006 09.2006 10.2006 11.2006 12.2006 01.2007 02.2007 03.2007 04.2007 05.2007 06.2007 07.2007 08.2007 09.2007 10.2007 11.2007 12.2007 01.2008 02.2008 03.2008 04.2008 05.2008 07.2008 10.2008 11.2008 12.2008 01.2009 04.2009 06.2009 07.2009 08.2009 09.2009 11.2009 12.2009 02.2010 04.2010 05.2010 06.2010 07.2010 11.2010 12.2010 04.2011 08.2011


| Créditos |
Blogspot | Getty Images | Haloscan | Inversa


<body> <BGSOUND SRC="musicas.mid" LOOP="INFINITE">