|

17 de ago de 2011






Santiago de Compostela


Ao que vou
Basta uma passagem
Sem tempo, sem problema
Milhas, horas, temas
Pensamentos de como chegar
Ou como encontrar
O que não vou procurar
Jamais e sem intenção
Aventurar, sempre

Sonhos já guardados
Arrumados de uma maneira
Que só eu sei desfazer, refazer
Basta uma paisagem e seguir
Botas, Chapéu, mochila
Corpo, mente e trilha
Esperança, força e fé

De resto, "bueno camino!"
Basta querer
O sonho é seguro
O campo é perfeito
O Caminho que todos procuramos
Está logo ali.




Escrito por Sergio Nasto,
às 09:37


7 de ago de 2011





Coisas Sobre Você


Sobre você penso
Sei onde cora
Sei onde fala
Sei onde chora
Sei onde te encontrar

Sobre você deito
Sei o que traz
Sei o que diz
Sei o que faz
Sei o que te consola

Sobre você como
Sei qual o lume
Sei qual o jeito
Sei qual o perfume
Sei qual o teu atalho

Na verdade, sei pouco e sei muito
Ainda quero ter
Algumas coisas de você
Fica mais fácil, então
Meu coração sabe
O seu, entende.


No Gramophone: "Mais do Que o Amor", 14 Bis


Escrito por Sergio Nasto,
às 10:14


21 de abr de 2011




´´O que não é possível´´


Por que foges?
Sei, amar repentinamente te assusta.
Ouça o que eu digo
Deixe que teu segredo apareça
O amor é um passo após outro.
E não te enxergo quando passas.
Ainda és um barco vazio abandonado ao cais
Aguardando alguém?
Talvez
Mas, não sei porque foges


No Gramophone: ´´Le Storie D`Amore``, Luca Carboni


Escrito por Sergio Nasto,
às 11:58


22 de dez de 2010


Ano Bom!

2010, imaginando, perguntou para si:

- Será que conquisto 2011? Será uma ótima época. Ela vai entrar pela porta da frente, vou pela porta de trás e faço-lhe uma surpresa. Darei flores...Mostrarei à ela todas as luas! Espero que goste dos poemas que farei em nome dela. Ela virá tão bela. Imagino que será sorrindo, e que seremos felizes. Mesmo sem conhecê-la, já sei que vou gostar. Afinal, poderemos viajar juntos, conversar. Penso até em parar de trabalhar pra ficar com ela. Será uma bela época. De mudanças, reflexão, centralização, amor e saudades.

É...Mas, se 2011, não me conquistar?...Então, espero uma outra época, quem sabe nos conquistamos?

O importante é ser feliz!


Bom natal e um próspero ano novo!!!



No Gramophone : ´´ Amanhã´´, Guilherme Arantes


Escrito por Sergio Nasto,
às 20:51


1 de nov de 2010






Teoria da Temer..ização

Então, o novo presidente está eleito...A novíssima !
A posse sempre no primeiro dia do ano, já marcada. Porém, o caminho é longo, cheio de pedras, caminhos com altos e baixos, trilhas cansativas, e que precisam ser bem trabalhadas antes, muito antes.
Dizem que um raio não cai duas vezes no mesmo lugar, mas, cai se alguém estiver no mesmo lugar de antes e conseguir registrar. O “mesmo lugar” pode ser aproximado, mesmo assim é o mesmo lugar.
O Brasil em seu tão pouco tempo de eleições diretas consegue por no poder maior, um eleito indicado pelo atual presidente. Uma fantástica margem de aceitação política e uma
equilibrada situação econômica. Será? Vivemos no País das Maravilhas, ou somos como Alice?
O que tem de mais perfeito é como conseguem fazer um plano e “obrigatoriamente” todos ou em sua maioria sair de casa para votar em quem desconhece o Brasil. Não apenas
um candidato, todos os candidatos desconhecem o País. Nada sabem sobre segurança, sobre saúde, sobre educação, sobre como está a política. Se o País aceita tudo e da maneira que está podemos dar um cheque em branco para qualquer candidato. Ninguém vai cobrá-lo depois.
Será que o atual presidente aceitou apoio em troca de sua cadeira presidencial? Será que os apoiadores encontraram a versão feminina do salvador da pátria? Será que há um poder paralelo atrás da porta dessa eleição? Será que aceitaríamos um presidente que não foi o eleito? Será que vice-presidente ganha eleição?.
Um raio caiu no Brasil em 1984. No mesmo lugar da queda estava um homem em que foi eleito por um colégio eleitoral, onde um perfeito jogo de xadrez foi armado em um tabuleiro, centro maior do poder nacional. O jogo começou antes, meses antes, partidas sempre adiadas. Os enxadristas se aliavam, trocavam de lado, fugiam da cruz.
No dia marcado, começa o disputa. Bispos, Damas e Reis, chegaram à Torre em seus Cavalos. Tramam, jogam, conversam, pensam, escrevem, e resolvem. Está resolvido. Xeque Mate!!
Em 2009, caiu o raio no mesmo lugar. Alguém registrou. Se não tivesse registrado, não saberíamos.
No dia marcado, começa o disputa. Bispos, Damas e Reis, chegaram à Torre em seus Cavalos. Tramam, jogam, conversam, pensam, escrevem, e resolvem. Está resolvido. Xeque Mate!
Reprise? Veremos..
Ah,faltou o Peão!! ..o Peão? Desse jogo, como do primeiro, ele não participou. Mesmo assim os enxadristas políticos jogaram. Logo ele! Peão, operário, povo. No jogo de xadrez é peça calma, tranqüila, mas, decisivo quando coroada.
Nos dois jogos faltou o povo ser coroado!


No Gramophone : ´´Verde´´, Leila Pinheiro.


Escrito por Sergio Nasto,
às 23:32


25 de jul de 2010





´´Dois Irmãos´´

Deitado, olhando o mar...
Viro-me...
Vejo do outro lado o que poderia
Ser o Dois Irmãos
Dado a visão monumental
É quase veludo

Assim a vi naquela manhã nublada
Após uma primeira noite
É como se fosse o antes
Com desejos encantados
Do nascente ao poente
Do dentro e fora
Da base ao cume
Do ´não para´´
Do amor

Ali, ela descansa...
Eu desperto..
Vou até aquela cordilheira..
Sorrateiramente...
Observo cada ponto
Encosto, vibro, afago
Sinto o perfume do que seria
No meu imaginário
Uma floresta
Quase desmatada
Já deflorada
Oferecida
Entreaberta

Como gosto
O que posso fazer?
Ela dorme, eu saboreio
Meus olhos seguem as mãos
Como quem admira a cidade..
A paisagem é como eu pensava....
É realmente maravilhosa

Minha musa é como o Rio..
Linda!


No Gramophone: ´´Um Amor Puro´, Djavan


Escrito por Sergio Nasto,
às 20:57


6 de jun de 2010








Como Folhas


Eles são casados perfeitamente
Não tão recentemente
Se amam, decerto
Vivem através de máquinas
Mas, os dois possuem táticas
Para atrair

Se mostram belos parceiros
Como som e vídeo
Como cobertor e travesseiros
Como arroz e feijão
Como café e leite
Como sufflair e ferrero roche

Combinam incrivelmente no sabor
Possuem temperos perfeitos
Suave e picante
Gargalham do paladar
Riem do deleite de suas vidas
Como sopa em noite de chuva

Se falam todos os dias
Quando não isso acontece
O outro espera no tempo
Ouvindo as horas
Como se o outro estivesse ao lado
Como músicas que tocam em filmes
Com duas folhas perfeitas
Secando do varal

Onde estrelam saudações e saudades
De todos os dias
De todos os clicks
De todos os contatos
De todos os relatos
De todos os sonhos revelados
Do conhecimento em si
Da vontade de um dia conhecer
O amor tão carinhoso dos dois


No Gramophone : Just Like Heaven, Katie Melua


Escrito por Sergio Nasto,
às 18:42


| Sites e blogs favoritos |
Jady|Cintia|Cecilia|Guga Flaquer|Rackel|J. Neto|Euza|Carol|Bandeiras| Babi Soler|Natalia|Morcego|Drica|Claudia| Teti| Sidnei|Sieger | Lulu | Beti Timm|Ju|Katia|Eliana|Advi|Mirella|Raquel|Talita | Gisele|Luciana|Van |Juliana|Menina |Luana|Micha | Meninas/a>|Sonia | Dácio Jaegger| Monica Montone | Ana | Alê|Josi|Liz|Marcos | |Giovana Manzoli |Grace|Mario|DO| Be| Pepê|Katia| Mirza|MaithII|Luma|Janaina|Lia|Rosa|Cris Penaforte| Lino| Saramar|Mani|Ana Pontes| Raquel Moniz|Meire| Cilene|Sandra Turner|Fernanda|Hiran|Dalva|Mary|LilianePaula| Edgar|Magui|Sammyra|Mere|Tina Harris|Tina|Monica Cabral||Bel| Laura|Veronica|Elvira|Alice|Fabiola|Maith|Kall|Keila|Cejunior| Patty|Elisabete|F.|Marconi| Daniele|Barbara|Loba|Euza|Di|Fred|Vivi|Lili|Vera|Georgia| Elis|Paulo|PauloII|
| Arquivos |
02.2005 03.2005 04.2005 05.2005 06.2005 07.2005 08.2005 09.2005 10.2005 11.2005 12.2005 01.2006 02.2006 03.2006 04.2006 05.2006 06.2006 07.2006 08.2006 09.2006 10.2006 11.2006 12.2006 01.2007 02.2007 03.2007 04.2007 05.2007 06.2007 07.2007 08.2007 09.2007 10.2007 11.2007 12.2007 01.2008 02.2008 03.2008 04.2008 05.2008 07.2008 10.2008 11.2008 12.2008 01.2009 04.2009 06.2009 07.2009 08.2009 09.2009 11.2009 12.2009 02.2010 04.2010 05.2010 06.2010 07.2010 11.2010 12.2010 04.2011 08.2011


| Créditos |
Blogspot | Getty Images | Haloscan | Inversa


<body> <BGSOUND SRC="musicas.mid" LOOP="INFINITE">